Thursday, May 08, 2008

CABEÇA DE PEDRA



a. A saída de emergência está assinalada logo à entrada. Eu não tinha reparado e bati com a cabeça na tabuleta. É como quando se esquecem de pintar as linhas nas estradas nacionais: às vezes dá jeito andar informalmente pela via; às vezes é preciso alguma ordem.
b. Não vi a tabuleta hoje, amanhã já a vejo melhor.
c. Novas perspectivas e pouca saúde.
d. Os sindicatos fazem pouca diferença. No final temos pouca memória (que sorte), cometemos erros que ultrapassam decisões em conjunto. Ora vamos lá recapitular a ver se falamos todos a mesma língua – mas não falamos.
e. As ideias claras pertencem a pessoas claras ou então aparecem só de vez em quando a todos. “Ora, se existe quem seja mil vezes melhor que eu a não conseguir viver disto, com part-times, a fazer trabalhos de merda, como é que eu me poderia imaginar dedicar-me só a fazer isto a tempo inteiro? Acho que nem queria...e de qualquer maneira perdemos pouco tempo”.
f. “Para os teus fantasmas compra um gato, assim se justificam os ruídos da tua casa”
“Tens que deitar tudo para fora (suar) a fazer desporto” - dormir no jardim é desporto?
g. Às 7 da manhã a praça dos poveiros já tem sol e dali pode-se acompanhar as variações mais subtis da deslocação da luz/calor. Àquela hora já três me pedem qualquer coisa.
h. “Este bungalow é uma casa para 5 pessoas e está rodeado de mar, podíamos passar aqui 5 dias inteiros a fazer muitas coisas, mas se voltarmos cá em outra altura se calhar não vamos fazer nada”
i. Não há sítio melhor, nem momento melhor que este – se isto te acontecer estás muito perto.
j. Virar um caracol ao contrário, “tens que fazer isso”, e depois vais ter uma surpresa, é tudo húmido. Até a cabeça faz sentido.

4 comments:

Anonymous said...

não são só os caracóis que quando se viram ao contrário são todos húmidos, eheheh

hhhmmmm said...

pois não, mas a forma é mais parecida que a do mexelhão, quer dizer depende da perspectiva!

Hello World! said...

palavras sabias da Bela que esta semana aprendeu muito muito.
e tambem experienciou coisas curiosas, como apanhar sol, mudancas de cor e ver em bichos formas sexuais.
o' bela, que andaste a tomar?

Anonymous said...

substituir o refrão do "circo de feras", música dos xutos, por "cabeça de pedra". dá perfeitamente.



e os comments no youtube são um luxo!!!

"não ha da weasel nem the gift nem cona molhada que vá ultrupassar os xutos o circo de feras é o melhor album português para min . e ponto final"


iôôô!!!