Tuesday, January 08, 2008


Auto-complacência, valha-nos…
Não gosto de fazer exposições, não gosto de galerias, não sei gerir o tempo, e só penso na história do saxofonista do “sempre em ferias” – vai para a Europa e depois volta e depois cai e chega a ambulância. Tinha a certeza que ia fazer uma não - exposição e agora já não tenho porque sinto uma pressão na fronte e um peso nos dois joelhos (e os rins curados!). Assim, como se não houvesse futuro assim, seria a exposição.

1 comment:

lili said...

não percebo porque é que estás sempre debaixo da mesa a cheirar tomilho. pareces um esquilo!