Wednesday, October 24, 2007

BOA NOITE, ISTO E UM PROGRAMA DE RADIO!

... e assim será with the good speed!
E o Pedro, de Canidelo, deixou este video para todos verem quando tiverem paciência. O titulo do video é "shaved women" e fica aqui para ilustrar, compor e decorar este post.

(Um post inacabado, para continuar durante a semana)

Eu nunca fui à Finlândia, mas acho que os Finlandeses são muito inteligentes. Fora a Nokia, e toda a tecnologia, o direito ao sufrágio desde o início para homens e mulheres, aquando da independência, há cem anos atrás, e mais uma série de virtudes, eles sabem o que é tornar a vida pública muito interessante. Encontrei uma revista sobre Arte Contemporânea, financiada pelo Ministério da Cultura Finlandês e tomei conhecimento de uma exposição que esteve patente no Kiasma (o Museu de Arte Contemporânea de Helsinkia). O conjunto de obras esteve longe de ser bem recebido quer pela crítica e quer pelo público em geral, devido à qualidade, à pertinência e ao interesse das mesmas. O que se questionava era a selecção das obras: com que critérios?

O que me surpreendeu foram os colaboradores desta revista jornalistas, críticos e escritores que rebentaram com a exposição, sem qualquer constrangimento! A revista não é dedicada apenas a este assunto em particular, mas este estende-se por algumas páginas. A revista trata de muitos outros assuntos bastante interessantes pela escolha que é feita pelo corpo editorial, mas também pela forma rigorosa como são abordados e pela profundeza sem serem maçadores. Mas, voltando atrás, quando falam desta exposição...não se poupam.

Um senhor em particular diz o seguinte: ”That is why I want to Express a timid wish to the people of Kiasma: Please be brave and put an end to the ARS tradition with the current show for good. CONCENTRATE ON MAKING GOOD THEMATIC EXHIBITIONS!!”. E esta é uma parte, porque ele vai continuando a divagar entre os seus sonhos e desejos para o Kiasma e dizendo o que realmente sente perante uma exposição daquelas (mas não só, também sobre o Museu no seu funcionamento em geral). Claro que eu deveria explicar melhor a natureza da exposição e assim o farei mais tarde, mas para onde eu gostava de direccionar este post era para a atitude do jornalista. Aqui, aqui mesmo, em qualquer parte do nosso país, um jornalista na mesma situação morreria de medo de a) ter uma opinião; b) ter a iniciativa de a divulgar; c) ter a coragem de o fazer neste contexto! Vá lá avaliem a simplicidade dos dados. Aqui, o nosso jornalista teria receio (com razões para recear até da própria sombra) de chegar a metade do que este senhor disse.

Já há algum tempo me apetece fazer um trabalho sobre “biting the hand that feeds you!”.

4 comments:

L said...

não é preciso jornalistas para a crítica ser feita. basta afiarmos a astúcia e o dente *nhac*

isabel carvalho said...

Vou ferrar a mão de toda a gente! Já a começar amanhã!

isabel carvalho said...

PARABENS!!takio!!!

espero que gostes tanto quanto eu!
http://www.youtube.com/watch?v=LP-1G0iha_s

li said...

estive à procura do texto das lavadeiras e pelo meio encontrei montes de fotos nossas fixes! a grande cena!
FLANELA ROCKS!